Fique Loiríssima  escrito em sexta 28 dezembro 2007 18:10

Blog de colorimetria :Espaço dos Cabeleireiros, Fique Loiríssima

Reflexos californianos

Os fios são clareados a um palmo da raiz e se concentram nas pontas. "Deixa a mulher com a aparência de ter passado uma temporada na praia, com o cabelo queimado nas pontas pelo sol", completa Juha Antero.

 

Indicação - Para quem deseja um visual moderno e não tem paciência de retocar todo mês no salão

Retoque - a cada seis meses

Famosas que aderiram - Fernanda Lima e Ana Furtado

Balayage

Com o pente, pincel ou mesmo com as mãos, o cabeleireiro aplica o descolorante nos fios aleatoriamente. "A técnica dá mais controle ao profissional, que pode criar contrastes mais discretos ou intensos, como preferir", explica Branca.

Indicação - Para quem procura um efeito bem discreto, a técnica é perfeita

Retoque - De dois a quatro meses, dependendo da quantidade de mechas

Famosas que aderiram - Ellen Jabour e Grazi Massafera

Luzes

O profissional separa as mechas de cabelo e aplica o descolorante, envolvendo-as depois com papel laminado. O ideal é usar tintas até três tons mais claros que o tom da raiz.

Indicação - Para quem quer clarear o cabelo sem alterar muito a cor

Retoque - De dois a quatro meses

Famosas que aderiram - Angélica e Luciana Gimenez

Reflexos

O método pode ser feito com papel de alumínio ou touca plástica furada. O resultado são mechas finas e claras que se misturam com os fios escuros, clareando bem os fios. É um estágio anterior à tintura.

Indicação - Para quem quer clarear o cabelo sem alterar muito a cor

Retoque - Uma vez por mês

Famosas que aderiram - Adriane Galisteu e Flávia, do BBB7

Mechas

O cabeleireiro separa as mechas que serão clareadas. Depois, passa o descolorante e envolve em papel espelhado. A técnica é semelhante às luzes, mas o resultado são mechas mais grossas e definidas, destacadas do fundo do cabelo.

Indicação - Para quem quer madeixas com diferentes tons

Retoque - De dois a quatro meses

permalink

Cuidados com as Cores  escrito em sexta 28 dezembro 2007 18:04

Blog de colorimetria :Espaço dos Cabeleireiros, Cuidados com as Cores

Tão importante quanto acertar na cor é cuidar depois dos fios. Confira as dicas para se manter com um visual sempre nota dez.

 

Vermelho

1. Lave o mínimo possível

Isso significa duas vezes por semana, a não ser que ele seja oleoso ou fino. Nesse caso, o indicado é lavar em dias alternados, e nunca com água quente. Outra opção é limpar as raízes com um xampu a seco, que higieniza os fios e acaba com o excesso de oleosidade sem usar água.

2. Evite xampus de limpeza profunda

A maioria dos tratamentos anticaspa é compatível com as tinturas, mas significa a morte do vermelho, já que acelera o processo de desbotamento.

3. Faça o retoque

Depois de duas semanas, aplique a tinta novamente. Isso manterá a cor viva e brilhante durante todo o mês.

4. Proteja os fios

Os vermelhos oxidam mais rápido que o de outras cores. Se você for passar muito tempo fora de casa, use produtos que contenham protetor solar, um chapéu ou lenço para se proteger.

5. Não pinte em tons berinjela

Vermelhos arroxeados não são naturais e quase nunca satisfazem o gosto feminino. Escolha um tom que possa ser descrito como acobreado ou acastanhado.

Loiro

1. Não ouse em casa

Se for clarear sozinha, opte por loiro-escuro ou neutro. Se escolher um tom quente, como dourado ou mel, pode terminar com um cabelo laranja.

2. Evite produtos com álcool

Cabelo loiro, em geral, fica seco e desbotado. Produtos com grandes quantidades de álcool pioram esse problema. Os principais culpados são os sprays de cabelo, gel e musse.

3. Deixe o platinado pra lá

Mesmo que o loiro palha seja considerado elegante, a realidade é que o tom platinado acentua as olheiras. Solução: pintar o cabelo de dourado e depois fazer algumas luzes mais claras.

4. Vá ao profissional

Se quer a cor dois tons mais clara que a sua natural, vá ao salão. Descolorir sozinha pode deixá-la mais para um loiro-banana do que o mel.

Aprenda alguns truques

Quando a raiz crescer, tente este truque. Compre uma caixa de loiro-cinza- escuro e aplique só nas raízes com uma escova de dentes. Não deixe o produto por mais de 3 minutos. Isso quebrará a cor escura da raiz e você ganhará mais alguns dias sem precisar ir ao salão.

Castanho

1. Combine o castanho com um belo corte

O impacto da nova cor diminui se o cabelo tiver um corte reto e sem balanço. Se estiver curto ou em várias camadas, deixe as pontas claras ou faça luzes.

2. Ao extremo

Os melhores castanhos são os muito escuros ou muito claros. Se o seu natural for um tom médio, você obtém um resultado ruim, porque ele não realça o rosto.

3. Tintura em casa ou no salão?

Um erro comum de colorir em casa é deixar os fios alaranjados, resultado freqüente com tintas de cores muito quentes, como o castanho-dourado. Nesses casos, é melhor comprar uma caixa de marrom neutro e misturar as duas cores. Ou ir ao profissional.

4. Evite o spray

Nada desbota mais os castanhos do que o spray. Se você precisa usá-lo, aplique em seguida um soro capilar.

5. Cuidado com o preto

Se pretende usar um castanho mais escuro que o chocolate, vá ao profissional. Cabelo pintado de preto-azulado não tem volta. Depois disso, para clareá-lo só gastando no salão.

 

permalink

Técnica de Tingimento  escrito em sexta 28 dezembro 2007 18:02

Blog de colorimetria :Espaço dos Cabeleireiros, Técnica de Tingimento

       Tingimentos

1. Caso você use gel, musse, silicone, spray ou outro produto, lave os cabelos 24 horas antes de aplicar a tintura.

2. Leia atentamente as instruções da embalagem, no caso de dúvida fale com um profissional.

3. Passe vaselina antes na orelha, nuca e testa para evitar manchas na pele.

4. Uma alternativa é optar por fazer pequenas mechas para iluminar o cabelo com pó descolorante, aplicando-o de 1 a 2 centímetros da raiz e regulando o tempo de acordo com a tonalidade desejada.

5. Use produtos (xampu e condicionador) para cabelos loiros. Geralmente, esses produtos contêm ingredientes que combatem o ressecamento, além de filtro solar, que protege contra os raios solares, e evitam que o cabelo fique esverdeado.

6. Hidrate os fios pelo menos uma vez por semana.

7. Para cabelos brancos, acrescente mais 10 minutos do tempo de pausa e inicie a coloração pela área que apresenta maior número de fios brancos.

8. Se tiver cabelos longos ou volumosos, utilize mais tinta.

9. Pessoas alérgicas devem consultar o dermatologista antes de aplicar a tintura.

10. Não penteie, prenda ou use touca assim que aplicar a tinta. Os fios podem ficar manchados nesta área.

11. Deixe a tintura agir no tempo recomendado pelo fabricante. Caso seja menor que o indicado, o clareamento ou a fixação da cor ficará comprometido.

Evite o erro mais comum: deixar a raiz escura

Quem muda a cor dos fios não pode se esquecer de um detalhe fundamental: retocar as raízes. Para os especialistas, mesmo quem se lembra de fazer isso regularmente pode derrapar na finalização, caso compre um produto de um tom que não é compatível com a cor que está no restante do cabelo. Outro alerta de quem conhece o assunto: cabelos tingidos sofrem perda na intensidade da cor em função da oxidação dos pigmentos utilizados na tintura. Ou seja, desbotam. As lavagens sucessivas acabam, então, removendo as moléculas de pigmento e desbotando a cor dos fios. Os reflexos dourados e avermelhados costumam desbotar mais, mas nada que não possa ser resolvido com um tonalizante.

 

permalink

Abrir a barra
Fechar a barra

Precisa estar conectado para enviar uma mensagem para colorimetria

Precisa estar conectado para adicionar colorimetria para os seus amigos

 
Criar um blog